As várias faces do verbo TOMAR

Lembram-se do nosso post sobre os verbos Beber ou tomar água? Hoje iremos aprofundar alguns aspectos do verbo tomar, que além de ser usado com sentido de beber, como vimos, pode assumir também significados diferentes e bem amplos. Prestem atenção nos exemplos:

1) Tomou a criança pelas mãos e atravessou a rua. (tomar = agarrar, segurar, pegar)

2) Quer tomar o café da manhã agora? (tomar = alimentar-se)

3) Os militares conseguiram tomar o controle da situação dentro da comunidade. (tomar = obter, estabelecer, restaurar)

4) Ler todas as mensagens que recebo durante o dia me toma muito tempo. (tomar = consumir)

5) Já tomou o seu remédio hoje? (tomar = ingerir)

6) Gosto muito de tomar sopa. (tomar = comer; dizemos tomar, obviamente, porque é líquido. Quando o alimento é sólido, dizemos comer)

7) Carlos tomou o ônibus na estação central. (tomar = pegar)

8) As ruas foram tomadas por manifestantes. (tomar = ocupar)

9) Ao sair às ruas depois das 22h, é necessário tomar muito cuidado. (tomar cuidado = ter cuidado)

10) Aninha adora tomar sorvete. (tomar = comer)

11) Ana vai tomar banho (tomar banho = lavar-se)

12) A professora quis tomar explicações sobre o ocorrido entre os dois alunos. (tomar = pedir)

13) A conversa entre as duas amigas tomou um rumo muito ofensivo. (tomar = seguir)

14) Espero que tenham gostado do post. Se tiverem alguma sugestão para os próximos, por favor, deixem-na nos comentários!

Um abraço!

Claudia V. Lopes

Beber ou tomar água?

PartyTime!.pngOlá, pessoal!

Qual estudante estrangeiro de língua portuguesa nunca teve dúvidas em relação aos verbos tomar e beber quando significam ingerir líquidos? A minha experiência como professora de português diz que quase todos tropeçaram ou irão tropeçar um dia.

A lista de significados do verbo tomar, em qualquer dicionário, é imensa, uma vez que podemos usá-lo em muitos contextos e com significados diferentes. Porém, há momentos em que tomar e beber são sinônimos “quase” perfeitos, e podem ser usados um no lugar do outro. Prestem atenção!

Em relação à transitividade, o verbo beber pode ser transitivo direto e, logo, precisaremos de um objeto direto:

Bebi um copo de água.

Ou intransitivo:

– Come e bebe muito.

Bebe demais!

Nos dois últimos exemplos, o verbo beber significa ingerir bebida alcoólica, embriagar-se. Aliás, no português falado no Brasil, na sua forma intransitiva, esse verbo está quase sempre relacionado a bebidas alcoólicas, aparecendo em muitas campanhas publicitárias Contra o Álcool no Trânsito: “Se dirigir, não beba”.

Créditos - web

Em ambos os casos, esses verbos indicam que estamos ingerindo líquidos e não importa se é água, suco ou bebida alcoólica.

O verbo tomar pode ser transitivo direto como beber e, naturalmente, precisaremos de um objeto direto:

Tomei (bebi) uma xícara de chá.

Tomei o remédio às 17h30.

arrow-304729_960_720 Regionalismo em Guiné-Bissau: “beber” com o sentido de ingerir “medicamento”.

No Brasil, não diríamos "beber o remédio".

Tomei (bebi) um copo de água.

Tomar (beber) dois litros de água por dia faz muito bem para a nossa saúde.

– Ontem, na festa, Carlos tomou (bebeu) todas. (ou seja, … embriagou-se porque tomou todas as cervejas e tudo o mais que continha álcool).

Notaram que com o sentido de ingerir líquidos podemos usar seja beber seja tomar? Todavia, tomar usado não sua forma intransitiva não tem o mesmo sentido de beber, como veremos no próximo post.

De qualquer forma, o assunto tratado hoje é fruto dos meus estudos e sensibilidade linguística, obviamente. Se o leitor tiver uma ideia diferente ou impressão em relação ao que leu, por favor, deixe um comentário.

Até breve e bons estudos!

Cláudia Valéria Lopes

Se gostou do post, curta e compartilhe com seus amigos!