Capoeira – um esporte genuinamente brasileiro

Em tempos de olimpíadas, vale a pena falar de um dos esportes mais genuinamente brasileiros, isto é, a capoeira, uma luta criada pelos descendentes de escravos de origem africana que nasceram no Brasil. No exterior, é também conhecida como “brazilian martial art” ou arte marcial brasileira.

capoeira wikipedia

(créditos da imagem – Wikipédia)

O termo capoeira significa “mato que nasce depois do desmatamento”, talvez porque fosse praticada no meio dos matos, com os lutadores/escravos bem próximos do chão, para não serem descobertos por seus donos e senhores. Em poucas palavras, esses seres humanos escravizados se defendiam da opressão e da injustiça que sofriam.

Originalmente, a capoeira era uma luta lenta jogada bem próxima ao chão, como já foi dito anteriormente, diversa daquela que é ensinada hoje nas academias de todo o mundo ou jogada nas praias, conhecida, também, como capoeira regional. Esta apresenta movimentos mais acrobáticos e é jogada em pé, com regras especificas de uma modalidade esportiva. Em meados do século XX, houve uma ruptura e, logo, se verificou o retorno à prática da copeira angolana jogada, sobretudo, nos guetos baianos.

berimbau-parts

Berimbau

Uma condição muito importante para se jogar a capoeira é a música de ritmo constante tocada por membros da roda, que precisam responder ao canto denominado “ladainha”. As ladainhas são acompanhadas, em geral, por alguns instrumentos, como, por exemplo: berimbau, pandeiro, atabaque, caxixi, agogô e reco-reco.

Instrumentos Capoeira

Roda de capoeira na praia de Boa Vontade, Rio grande do Norte:

Até logo e bons estudos!

Publicado por Claudia Lopes

Mi chiamo Cláudia Valéria Lopes sono nata a Rio de Janeiro, Brasile. Nel 2001 mi laureai in Lingue Straniere (portoghese e italiano) presso l’UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sono traduttrice e insegnante di portoghese e italiano. Ho vissuto in Italia per sette anni, periodo in cui ho potuto approfondire le mie conoscenze della lingua italiana e dare continuità ai miei studi. Ho lavorato per due anni come lettrice di lingua portoghese (norma brasiliana ed europea) presso l’Università degli Studi di Bari. Dal 2009 vivo a Zurigo, dove lavoro come traduttrice e insegnante di lingua portoghese e italiana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: